>> Textos

ATIVIDADES DA USINA DO PAPEL

Celina Cabrales
Josmeri Pergher Puhl

A Usina do Papel constituiu-se em 25 de setembro de1992, mediante iniciativa do Centro Cultural Usina do Gasômetro, equipamento da Secretaria Municipal da Cultura, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, do Departamento Municipal de Limpeza Urbana e da Fundação de Educação Social e Comunitária (hoje Fundação de Assitência Social e Cidadania), com o objetivo de criar e manter um espaço referência para a cidade no âmbito da reciclagem, utilizando o papel como recurso e tematizando as formas contemporâneas de produção, consumo e descarte deste bem cultural tão presente em nosso cotidiano.

A Usina do Papel é uma proposta viva, em contínua adaptação frente as demandas de seus beneficiários e ao amadurecimento natural do trabalho.

Em 1995 fomos desafiados a responder sobre a finalidade e aplicação do papel artesanal, além do âmbito artístico no qual surgiu no Brasil na década de 80, e além da educação ambiental que proporciona. Iniciamos então também uma caminhada no papel como artesanato.

Em 1998 o trabalho foi ampliado, construindo parceria com a Secretaria Municipal de Produção Indústria e Comércio para fornecer bolsas de trabalho educativo para jovens e adolescentes em risco que estavam se capacitando conosco, em uma atividade embrionária de preparação para o mundo do trabalho.

Em 2001, sem descuidar nunca dos cursos regulares abertos a toda a comunidade porto alegrense e de outros municípios, a inclusão social destes jovens passou a ser meta prioritária. O Projeto Intersecretarias Papel Social atendeu desde então a 72 jovens em turno alternado ao da escola, com bolsa-auxílio e programação pedagógica integrada e multidisciplinar formando artesãos criativos, qualificados e autônomos.

Em 2003 houve a ampliação de área física viabilizando a Vitrine do Papel, espaço de aprendizagem comercial coletiva para jovens egressos e artesãos independentes reunidos na Associação de Artesãos Produtores de Papel Artesanal de Porto Alegre, e que permite oferecer na Usina do Gasômetro a venda de produtos de qualidade com selo ambiental e social em pronta entrega ou sob encomenda.

Em 2005 uma quinta turma de alunos inicia sua formação, recebendo bolsa-auxilio e passagens, e é aberta também uma turma avançada de formação de jovens monitores que multiplicam nas comunidades de origem, e de forma regular, os conhecimentos adquiridos.

Para um melhor conhecimento do projeto, apresentamos a seguir as ações que desenvolvemos:

1 - Eventos
Atividades múltiplas envolvendo palestras, oficinas, exposições, filmes e pesquisa sobre algum tema relevante relacionado à temática do papel.

1990 Papel Presente - Atividade múltiplas por 3 dias comemorando o aniversário da Usina do Gasômetro, simultânea à Feira do Livro envolvendo: oficina de papel artesanal, pandorga, flores, origami, convênio com Câmara do Livro para publicar Palavra de Trabalhador, aula magna de Arnaldo Campos, exposição de fotos de Parques Florestais Canadenses e de trabalho artesanal polonês em papel, instalação artística na chaminé, debate sobre a duplicação da Riocel, coleta seletiva de lixo seco, filme Ilha das Flores.

1992 Arvore-se - Exposição temática ocupando todo o saguão da Usina, sobre árvores, em 7 módulos (árvores petrificadas pré-históricas, árvores nativas- araucária, bosques nativos, desertos verdes, a reciglagem, arte com aproveitamento de galhos, e arte do bonzai integrando a programação Porto Alerta Ambiental.

1992 e 1993 Festa no Céu - Atividade múltipla de uma semana durante a Semana de Porto Alegre de 1992 e a de 1993, envolvendo: festival de pandorgas, exposição de pandorgas mini e gigantes, concurso, oficina pública, curso de formação de monitores com o eolista Silvio Voce (SP).

1992 Tururi: arte magüta em papel de entrecasca - Exposição sobre este material que é um suporte gráfico produzido pelos índios Ticuna no norte do Brasil, um dos últimos remanescentes no mundo a conservar este conhecimento, integrando as comemorações dos 500 anos de Descobrimento da América.

1993 Entretelas: uma viagem surpreendente ao mundo do algodão - Envolvendo exposição, filmes, oficinas, trabalho de arte de Maria Leda de Macedo sobre o algodão, sua história, produção industrial de fios, aplicação em costura e bordado, papel de trapos medieval, apoio Linhas Corrente.

1994 A Dança das Fibras - coreografia encomendado a Eva Schultz representando as relações entre as fibras em uma bacia de reciclagem para o Festival Usina de Arte e Cultura.
1995 Papel Ofício: para quem tem o papel no seu ofício - Seminário Internacional sobre o mercado de papel artesanal, lançamento de kit de produtos da Usina do Papel e palestra do SEBRAE, Ricardo Ribemboi (SP)e Victoria Sigvald (Buenos Aires).

1996 Pinus Mais - Pesquisa de papeis originais para Heloisa Crocco, designer, e Exposição de produtos na 1a Mostra Design Pinus no Centro Cultural de Gramado e na Feira da Cidade Antiga.

1997 Lourdes Cedran - Em comemoração aos 6 anos da Usina do Papel, lançamento de livro, palestra e exposição da artista plástica paulista, presidente do Clube Latino-americano de Papeleiros.
1999 O papel invade a Usina - Exposição de trabalhos do artista plástico Chô Dornelles na programação de 1o de maio.

1999 Viva las Agaváceas - Pesquisa, exposição, trabalho de arte de Zorávia Bertiol vídeo e cursos sobre o papel artesanal a partir das fibras de sisal, com o apoio da Lwarcel (SP).

1999 e 2000 O papel como era feito nos tempos de Cabral - Cursos, exposição, visitas interativas com oficinas sobre a confecção medieval do papel usando trapos, durante a Bienal de Arte do Mercosul, comemorando os 500 anos de descobrimento do Brasil.

2000 O Papel na Transversal do Tempo - Em comemoração aos 8 anos da Usina do Papel, palestras, filmes, cursos sobre o tema da conservação do papel, novas mídias e migração da informação, memória pessoal e coletiva.

2001 Papel Arte IV - Exposição de circuito nacional, patrocinada pela Associação Brasileria de Tecnologia em Celulose e Papel e produzida pelo CLAP, realizada no Shopping Iguatemi com parceria da Usina do Papel.

2002 O Papel Artesanal de Antaimoro - Em comemoração aos 10 anos da Usina do papel, exposição retrospectiva de Gustavo da Liña, renomado artista plástico gaúcho radicado em Berlin e que utiliza o papel artesanal de Madagascar como suporte de sua pintura, ocupando plenamente o mesanino da Usina.

2004 O mundo é uma bola de papel - Oficinas múltiplas de colagem construindo uma bola de papel rumo ao Acampamento Intercontinental da Juventude revestida de papel artesanal reciclado, com mensagens descrevendo como seria um mundo sem papel.

2 - Itinerância
Oficinas realizadas pelas educadoras da Usina do Papel em eventos externos, por convite, com vistas a difusão do papel artesanal reciclado como atividade de educação ambiental e reciclagem de comportamento.

10 de Maio 1992/1999/2003 Mov. Sindical/PMPA
Porto Alerta 1992 Mov. Ecológico/PMPA
38a Feira do Livro 1992 Câmara do Livro/ PMPA
Se essa rua fosse minha 1992 / 1993 Oficina 11
Verão na Usina 1993 PMPA
8 de março 1993 -Mov. Feminista/ PMPA
Semana da Primavera 1993/1997- SMAM
III Poetar 1993- SMC
Parque Itapuã - 1993 Comissão de luta pela efetivação
Sobraviver 1994 - GAPA
Nossas Florestas -Nossa Herança 1994 - SESC
Rua Invisível 1994 SESC/FESC/SMC
Festival Usina de Arte e Cultura 1994 - SMC
Abertura da Feira Ecológica do Menino Deus 1995 Coolméia
Semana do meio Ambiente 1995 ECO POA
Arte Cultura e Lazer no Parque dos Maias 1995 Ass. Comuni. Parque dos Maias
Congresso de Trabalho Educativo 1995 CPERGS/UNICEF/PMPA
Semana de Arte têxtil 1996/1999/2001 M.R.Webster Atelier
Semana do Arquipélago 1996 CAR Arquipélago
Mostra Design 1997 FIERGS
Ed. Ambiental para funcionários 1997 SGM no Paço Municipal
Agenda 21 1997 - 1998 DMLU
ENEA XXI Enc. Nac. de Est. de Arquit. 1997 Est. Arquitetura UFRGS
E.M. Arami Silva 40 anos 1997 SMED
XVIII Encontro Estadual de Entidades Ecológicas 1997 Comitê organizador
Vivências de samba-enredo 1998 Esc. Samba Imp. D. Leopoldina
V Semana do Meio Ambiente Hosp. Clínicas 1998 Hosp. de Clínicas de POA
Encontro Nacional dos Estudantes de Biologia 1998 Diretório de Est. Bio/UFRGS
Semana do Meio Ambiente 1998- SMAM
Semana de Meio Ambiente 1998 IIPC
Conferência Estadual do meio ambiente 2000 SMAM
Feira Latino-americana do Artesanato 2000 SMIC
Semana de Meio Ambiente 2002 CELUPA
Escola faz arte 2003 SMED
Fórum de Serviços qualificando a cidade 2003 SMOV
Fome Zero 2003 Usina
Universo das Tribos 2003 SM Direitos Humanos
10 anos de Descentralização da Cultura 2003 SMC
Programa Integrado de Entrada da Cidade 2004 Gaplan
Reserva Biológica do Lami 2004 SMAM
Congr. Inter. Transdisciplinar Ambiente e Direito 2004 - 2005 PUC
Fórum Mundial de Educação 2004 Trabalho Educativo PMPA
Semana do Meio Ambiente 2004 Refinaria Alberto Pasqualini
Festival de Arte Cidade de Porto Alegre 2004 Atelier Livre da SMC

Também já realizamos oficinas palestras ou cursos em: Ipê, Bento Gonçalves, Santo Ângelo, Garibaldi, Farroupilha, Sâo Lourenço, Lageado, Gramado, Esteio, Alvorada, além de assessorias específicas a cidades do interior que nos procuram para orientaçao na implantação de espaços de criação ou de produção de papel.

3 - Cursos certificados
Cursos teórico/práticos, com material didático dirigido para a formação qualificada. Foram fornecidos 780 certificados nos seguintes cursos:

Cursos Regulares - ministrados pelas educadoras da Usina do Papel. Deste trabalho resultaram inúmeros ateliês e oficinas de papel artesanal na capital e interior do estado, alguns reunidos na Associação dos Artesãos Produtores de Papel Artesanal de Porto Alegre. Este trabalho ininterrupto de 13 anos alicerça o reconhecimento do papel da Usina no fomento à valorização deste bem cultural.

Reciclagem artesanal de papel Cursos 36 horas p/ formação de multiplicadores
Papel artesanal de fibras vegetais Cursos de 12 horas para instrução na técnica
Papel artesanal de trapos Cursos de 12 horas para instrução na técnica

Cursos Eventuais - ministrados pelas educadoras da Usina do Papel ou por profissionais convidados como Torben Bo Halbirk, Diva Buss, Chô Dornelles, Bárbara Benz, Hélade Correa, entre outros, e por vezes em programações mais completas incluindo mostra de resultados dos cursos. (p. ex. Papel, Papelão & Cia. ou De Folha a Folha). Foram eles:

Arte em Papel, Papel machê, Encadernação, Cestaria, Colagem, Batik em papel, Conservação de livros e papéis, Orizomegami, Marmorização, Pandorgas, Origami, Livros artesanais, Cartões e embalagens natalinas

Também damos atendimento exclusivo a turmas de alunos do Atelier Livre Municipal, sempre que solicitado, assim como Curso de Design da Ulbra, da Faculdade de Arquitetura e do Instituto de Artes da UFRGS.

4 - Visitas monitoradas
Educação ambiental com demonstração interativa da reciclagem artesanal de papel.

A Usina do Papel recebe semanalmente visitas agendadas de escolas e grupos em um volume aproximado de 700 pessoas/ano. Desde 2004 estas visitas são monitoradas por jovem egresso do Projeto Papel Social, incluindo toda a Usina do Gasômetro no roteiro, sob o nome de Gasômetro Reciclado.

5 - Projetos Especiais
Assim considerados por sua continuidade, público específico ou volume de investimento.

Nova Vida – (1993 a 1995)
Semanalmente tivemos uma turma de alunos portadores de sofrimento psíquico oriundos do Serviço de Saúde Mental do Município, acompanhados por uma Terapeuta e/ ou uma Psicóloga. Deste trabalho resultou uma oficina de reciclagem de papel permanente, atualmente sediada na Av. Goethe, com geração de renda para os usuários. Quando solicitados, fornecemos apoio técnico e orientação no trabalho.

Papel Velho & Papel Antigo – (1997 a 2005...)
Visitas teatralizadas no Arquivo Histórico Municipal para alunos de 1a a 4 a série do ensino fundamental, em parceria com o Arquivo, desde 1997, semanalmente. O trabalho obteve seleção estadual no prêmio de Mello Franco do IPHAN e atendeu mais de 4.200 crianças. Nossa participação se deu na concepção da proposta, no roteiro e na interpretação de uma papeleira do Séc. XVIII que junto com as crianças, produz papel de trapos, tais como aqueles que serão vistos por elas nos documentos de época durante a continuação da visita.

Fazer Papel dá Trabalho – (1998 a 2000)
Experiências de pesquisa de papéis com aplicação comercial e de produção deu-nos elementos para apresentamos à SMED, DMLU e FASC projeto de trabalho educativo com a reciclagem de papel para alunos da Escola Porto Alegre e da Escola Municipal Neusa Brizola. O desenvolvimento do mesmo forneceu subsídios para a elaboração do Projeto Papel Social.

Papel Social – (2001 a 2005...)
Em 2001 apresentamos esta proposta de inclusão pelo trabalho educativo, tendo em vista a geração de renda, ampliando em muito a abrangência e complexidade anterior. Em anexo, um detalhamento maior do projeto que hoje constitui-se em ação pública de reconhecida relevância socio-cultural.

Vitrine do Papel – (2003 a 2005...)
Incubadora de aprendizagem comercial localizada no térreo da Usina do Gasômetro, criada para comercializar os produtos e instruir os jovens do Projeto o Papel Social nos aspectos de gestão comercial. Permite visibilidade adequada ao trabalho ambiental e social que realizamos, além de gerar renda para artesãos independentes associados ao COPPAS, responsáveis por seu funcionamento.

6 - Publicações
Produção textual referente ao trabalho com papel.

Confete – (1993) Boletim informativo da Usina do Papel.
Por mais fina que esta folha seja – (1994) Artigo sobre as relações com o lixo através da história.
Neociclagem – (1994) Artigo apresentando proposta em arte-educação ambiental
Sem água, sem papel – (1995) As relações do papel e da água na bioquímica, na história e na arte.
Clips – (2000) Veículo de comunicação da comunidade papeleira.
Sobre o papel - (2000) Livro com histórias de vida dos jovens do Projeto Papel Social, entrelaçadas com a história do papel e a história da escrita, originalmente feito em papel artesanal e posteriormente publicado pela SMC.

PROJETOS EM ANDAMENTO

• PAPEL SOCIAL
• CURSO REGULAR DE RECICLAGEM ARTESANAL DE PAPEL
• PAPEL ANTIGO & PAPEL VELHO
• VISITAS MONITORADAS NA USINA DO PAPEL
• VITRINE DO PAPEL

© Copyright 2005-2009 Inaking Design - Todos os direitos reservados